HomeGroupsTalkZeitgeist
Hide this

Results from Google Books

Click on a thumbnail to go to Google Books.

Murder is Murder is Murder by Samuel Steward
Loading...

Murder is Murder is Murder

by Samuel Steward

MembersReviewsPopularityAverage ratingConversations
632188,983 (3.93)None

None.

Loading...

Sign up for LibraryThing to find out whether you'll like this book.

No current Talk conversations about this book.

Showing 2 of 2
Nas traseiras da velha casa apalaçada onde passam o verão, na pequena aldeia rural de Bilignin, em França, [a:Gertrude Stein|9325|Gertrude Stein|https://d.gr-assets.com/authors/1422989334p2/9325.jpg] e [a:Alice B. Toklas|9327|Alice B. Toklas|https://d.gr-assets.com/authors/1244545551p2/9327.jpg] têm um pequeno jardim com vista para o vale e, lá ao longe, para o Monte Branco. Um dia, sentada sobre o muro do jardim, Alice é testemunha de uma cena inusitada nos campos em frente. Grand Pierre, o pai Petit Pierre, o apolíneo rapaz surdo-mudo que é o seu jardineiro, dirige-se, furioso, ao homem mais detestável da aldeia, Monsieur Debat. Quando regressa de casa, onde foi chamar a sua Lovey (Gertrude) para assistir ao que ela julga será uma briga violenta, Alice (a Pussy de Gertrude), depara-se apenas com Debat, lavrando as suas terras como se nada tivesse acontecido. No dia a seguir, Petit Pierre chega, preocupado com a ausência do pai, que não dormiu em casa, coisa que nunca acontecera antes, o que faz com que as duas mulheres, com a ajuda de Johnny-jump-up, um amigo americano acabado de chegar a Bilignin para as visitar, partam numa aventura policial que os levará a descobertas surpreendentes...

Este livro é um interessante romance policial, com muitos dos ingredientes habituais: um crime, um suspeito, um corpo em falta, uma série de indícios que levam à descoberta da verdade e à prisão do criminoso, e um final inesperado. Mas afasta-se do género quando faz com que as heroínas-detetives sejam sejam as famosas Gertrude Stein e Alice B. Toklas, o casal de expatriadas americanas que fizeram do seu salão parisiense um centro de arte e cultura por onde passaram Picasso, Paul Bowles, Cecil Beaton, Thornton Wilder, Lord Alfred Douglas e outros, e porque mistura a ficção policial com as memórias do autor, Samuel Steward, ele próprio um personagem do enredo (Johnny), que se correspondeu com as famosas escritoras e as visitou em Bilignin, Paris e Roma.

O enredo está salpicado de sexualidade, sexo e desejo sexual, o que também lhe dá uma feição especial em relação aos romances do género. Johnny-jump-up, que dificilmente distinguimos do narrador e do autor, é um pinga-amor gay (daí o "jump-up"?), que se sente atraído pela beleza escultural do jardineiro, sempre em tronco nu, que gosta de fazer trocadilhos de cariz sexual nas suas conversas com Alice e Stein, elas próprias um casal de lésbicas, e que seduz o secretário da polícia, a pedido das suas amigas detetives, para obter informações valiosas para desvendar o mistério do crime que, por coincidência, inclui uma componente de sodomia.

A escrita é escorreita e rica em referências culturais, em expressões idiomáticas do francês, no esboço dos personagens de Stein e Toklas, cujos diálogos nos aparecem nos estilos próprios de cada uma, bem como nas reflexões dos três personagens principais que o narrador nos vai deixando aqui e além, como a que o meu amigo [a:Miguel Botelho|5425264|Miguel Botelho|https://d.gr-assets.com/authors/1420286507p2/5425264.jpg] sublinhou e que não resisto a transcrever: "Isn't it wonderful," she [Gertrude] said, "how all animals know that the ultimate end of life is to enjoy it."

Tendo lido recentemente [b:Dear Sammy: Letters from Gertrude Stein and Alice B. Toklas|14952|Dear Sammy Letters from Gertrude Stein and Alice B. Toklas|Gertrude Stein|https://d.gr-assets.com/books/1434292672s/14952.jpg|2272222], o livro em que Sam Steward descreve as suas visitas ao casal Stein/Toklas e colige as cartas que delas recebeu, percebe-se o quanto a realidade é utilizada como material para a ficção, e é fácil compreender que este livro é sobretudo uma homenagem, uma bela declaração de profunda amizade e admiração do autor às suas duas amigas.
( )
  jmx | Jun 20, 2017 |
Recently, I finished reading two murder mysteries by Samuel Steward. The Caravaggio Shawl and Murder is Murder is Murder featuring Gertrude Stein and Alice B. Toklas as the Holmes and Watson of 1930's Paris. The "Caravaggio" book is better than "Murder" but both are good if you are into knowing more about the day to day life of Stein and Toklas. Steward was a close friend of both women. They may not be easy to find (I got them through E-ZBorrow/ILL) so let me know if I can help.

Solving the mysteries was necessary bur ultimately more of the background detail compared the the day to day detail of lives Stein and Toklas. It's a pleasure to think they lived the way the book described and there's know reason to think they didn't. I hightly recommend this book for anyone interested in Stine and Toklas.
  e-zReader | Jun 7, 2008 |
Showing 2 of 2
no reviews | add a review
You must log in to edit Common Knowledge data.
For more help see the Common Knowledge help page.
Series (with order)
Canonical title
Original title
Alternative titles
Original publication date
People/Characters
Important places
Important events
Related movies
Awards and honors
Epigraph
Dedication
First words
Quotations
Last words
Disambiguation notice
Publisher's editors
Blurbers
Publisher series
Original language

References to this work on external resources.

Wikipedia in English

None

Book description
Haiku summary

No descriptions found.

No library descriptions found.

Quick Links

Swap Ebooks Audio
1 wanted

Popular covers

Rating

Average: (3.93)
0.5
1
1.5
2
2.5
3 1
3.5 1
4 4
4.5
5 1

Is this you?

Become a LibraryThing Author.

 

About | Contact | Privacy/Terms | Help/FAQs | Blog | Store | APIs | TinyCat | Legacy Libraries | Early Reviewers | Common Knowledge | 119,694,039 books! | Top bar: Always visible