HomeGroupsTalkZeitgeist
Hide this

Results from Google Books

Click on a thumbnail to go to Google Books.

Tratado sobre mulheres by Mário Kostzer
Loading...

Tratado sobre mulheres

by Mário Kostzer

MembersReviewsPopularityAverage ratingConversations
113,689,591 (5)None
Recently added byoleitorvoraz

None.

None
Loading...

Sign up for LibraryThing to find out whether you'll like this book.

No current Talk conversations about this book.

Site do Livro: http://www.tratadosobremulheres.com.br

Já disse Sigmund Freud, o pai da psicanálise, há mais de cem anos: todos nós estamos destinados a amar uma mulher – a começar por aquela que nos deu a vida. Desde que o homem se sabe homem, dedicou às mulheres poemas, canções e odes imemoráveis. Apesar disso, as relações entre homens e mulheres raramente ocorrem sem percalços, confusões e muitos mal-entendidos... Uma vez que a sabedoria popular ensina que é brincando que se diz a verdade, o escritor argentino Mario Kostzer resolveu abordar esse assunto com muita irreverência, em seu Tratado Sobre Mulheres. Ilustrado com elementos que instigam o leitor a mergulhar no universo feminino, o livro descreve nada menos do que uma centena de tipos de mulheres. Não só a mãe, a irmã, a sogra e a amante, como também a secretária, a prostituta, a jornalista, e mais ainda: a frígida, a consumista, a anoréxica, a solteirona... e tantas outras que, garante o autor, é impossível que a leitora não se identifique com pelo menos um dos tipos apresentados. Quanto aos leitores do sexo masculino, talvez este Tratado os ajude a responder (mesmo que parcialmente) a uma pergunta que consome os homens desde os primórdios da humanidade: como entender as mulheres? E, antes que as críticas feministas acusem a psicologia de Kostzer de um certo reducionismo, vale a ressalva de que essa classificação de mulheres assume a licença poética de um inventário ficcional e totalmente bem-humorado. Um inventário que revela, no fim das contas, o olhar curioso que os homens lançam sobre os mistérios femininos há milênios, no intuito nunca completamente saciado de decifrá-los. ( )
  oleitorvoraz | May 12, 2009 |
no reviews | add a review
You must log in to edit Common Knowledge data.
For more help see the Common Knowledge help page.
Series (with order)
Canonical title
Original title
Alternative titles
Original publication date
People/Characters
Important places
Important events
Related movies
Awards and honors
Epigraph
Dedication
First words
Quotations
Last words
Disambiguation notice
Publisher's editors
Blurbers
Publisher series
Original language

References to this work on external resources.

Wikipedia in English

None

Book description
Haiku summary

No descriptions found.

No library descriptions found.

Quick Links

Popular covers

Rating

Average: (5)
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4
4.5
5 1

Is this you?

Become a LibraryThing Author.

 

About | Contact | Privacy/Terms | Help/FAQs | Blog | Store | APIs | TinyCat | Legacy Libraries | Early Reviewers | Common Knowledge | 124,537,338 books! | Top bar: Always visible